top of page
  • dudaresendefelizar

Roteiro de dois dias em San Salvador - El Salvador

Atualizado: 11 de dez. de 2023


CONTEXTO POLÍTICO DE EL SALVADOR:


El Salvador está passando por um momento político complicado, existem muitas perspectivas diferentes sobre o atual presidente, Bukelle. O que lemos antes de viajar sobre ele era de que ele tinha resolvido o problema de segurança do país, já que antes dele assumir a presidência existiam gangues espalhadas que impediam as pessoas de trabalhar, andar, viverem comumente, nos foi relatado por diferentes pessoas que essas gangues raptavam mulheres e homens frequentemente, além de invasões sem motivos aleatórias nas casas, e claro, envolvidas no narcotráfico. Foi construída uma grande prisão, que atualmente mais de 70 mil homens estão presos, e uma prisão feminina com mais de mil mulheres presas. Então, dessa forma agora os el salvadorenhos podem caminhar tranquilamente pelas ruas e usufruir dos espaços públicos disponíveis e sem medo das gangues.


Depois de muito conversar com pessoas diferentes encontramos diferentes pontos de vista, porque até então havíamos ouvido somente relatos positivos, e eu pensava que não tinha nada de estranho nisso, já que aparentemente o presidente havia feito com que pessoas pudessem voltar a transitar, né?? (spoiler: não.)


O que aconteceu é que de fato haviam todos esses perigos em El Salvador, porém da mesma forma que há no Brasil, em algumas regiões existem as organizações criminosas e gangues, como em qualquer cidade grande existem locais que não são muito seguros para andar, ouvimos relatos de várias mulheres, e a maioria delas disseram que o Bukelle fez esse movimento para a segurança análoga à uma ditadura, se você ouvir o seu vizinho falando mal do governo e ligar para a polícia falando que ele faz parte de uma organização criminosa e a polícia acreditar que ele é uma potencial ameaça não só o denunciado vai preso mas a família inteira também, tanto que estávamos visitando a biblioteca nacional e um grupo enorme de crianças “filhas do crime” estavam visitando também, com uma espécie de abrigo, fundado pela primeira dama.


Bukelle tem 85% de aprovação do povo, e será reeleito, porém segundo a constituição de El Salvador um presidente só pode presidir o país durante uma candidatura, e ele participará das eleições sem seguir a constituição do próprio país.


El Salvador é considerado o país mais perigoso da américa latina inteira quando a questão é a segurança das mulheres, e depois das eleições esses dados não mudaram, para quem é garantida a segurança?




ZONAS PARA HOSPEDAGEM:


Acabamos nos hospedando em duas zonas diferentes em San Salvador, uma delas a Zona Rosa e a outra à duas quadras do Monumento de El Salvador Del Mondo, as duas tem um bom centro comercial muito perto, onde você pode encontrar vários tipos diferentes de restaurantes e cafés. As duas zonas tem o preço parecido para hospedagem, é um pouco mais caro do que estamos acostumados no Brasil, já que a economia é dolarizada.



LÍNEA ROSA:


Se você é mulher e viaja sozinha ou com outras mulheres eu recomendo SUPER que você de uma olhada no app Línea Rosa, que é basicamente um uber apenas com motoristas mulheres destinado a mulheres e idosos. Existe um app, mas eu não consegui instalar. Porém no google mesmo tem o whatsapp delas, e são gentis e respondem rápido, atendendo a nossa demanda, recomendo pela segurança.



COMIDA E BEBIDA TÍPICA:



A principal comida típica de El Salvador é a pupusa. (tem até emoji 🫓) A pupusa pode ser recheada com qualquer coisa, mas é recheada principalmente com feijão, a massinha não tem um gosto específico mas é bem macia!


E a bebida típica se chama orchata, eu achei que parece um pouco uma batida de leite com aveia, e é bem docinho, aprovei!




DIA 1 - CENTRO HISTÓRICO



PALÁCIO NACIONAL:





O palácio nacional não funciona como sede política mais, então é aberto para visitação por apenas três dólares para estrangeiros, é uma visita interessante, já que cada parte e sala da construção foi construída com um piso diferente e cores diferentes, com um jardim no meio.



CATEDRAL METROPOLITANA:



A catedral está localizada bem ao lado do palácio, por fora é uma construção bem simples, mas por dentro é bem decorada com madeira talhada, e nela está enterrado o dom Romero.



PRAÇA CENTRAL:


No meio de todas essas coisas tem uma praça, que quando fomos a tarde haviam umas rodas de dança e o pessoal bem animado dançando, comendo e conversando, acredito que seja um lugar agradável pra sentar e passar um tempo observando as pessoas ou ler.




DIA 2 - CENTRO HISTÓRICO + MONUMENTO



BIBLIOTECA NACIONAL:



Eu fiquei encantada. O espaço conta com sete andares de livros, espaços temáticos, espaços inclusivos, video games, jogos de tabuleiro e lego. Quando fomos ela ainda não estava aberta ao público como uma biblioteca propriamente dita, mas sim para tours para apresentação da biblioteca, passamos três horas por conta desse tour.



PLAZA SALVADOR DEL MUNDO:



A praça Salvador do Mundo tem um monumento de Jesus segurando o planeta terra, e quando estavámos indo não achei muito animador, mas fomos bem no horário do por do sol e estava lindo!! Ao redor da praça tem alguns cafés, tire um tempo para passar por lá para lanchar, vale a pena.



VULCÃO (PARQUE EL BOQUERON):





O parque El Boqueron fica a 30 minutos do centro de El Salvador, e como era um vulcão, é um pouco frio recomendo uma blusinha. O ingresso pode ser comprado na hora, e lá tem estacionamento se você estiver com carro alugado.


Foto que diz sobre a erupção do vulcão.

24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page